Perfil:
Blog Titulares Da Notícia


Arquivos:

Amigos (0)::

POSTS

Alexa top sites: Facebook é o site mais acessado ultrapassando o gigante Google no Brasil.
30/12/2012 às 11:41

Segundo o Alexa Traffic Rank, que lista os 500 sites mais acessados do Brasil, o Facebook ultrapassou o Google e é o mais acessado do país, o buscador agora aparece em segundo lugar.

1º Facebook - cerca de 4,4% dos usuários do facebook são brasileiros, os americanos representam 21,2% do total e os indianos 7,9%, segundo o alexa, a maior parte dos usuários têm mais de 65 anos.

2º Google Brasil

3º Google.com

4º Youtube

5º UOL

6º Windows Live 

7º Globo.com

8º Yahoo

9º Mercado Livre

10º Wikipedia

11º Twitter

12º Terra

13º Ig

16º Abril

18º Folha

23º XVídeos - o site que há dois anos não passava de um minúsculo provedor de vídeos pornográficos, longe do RedTube, não só ultrapassou o concorrente como se tornou o mais acessado no Brasil. Segundo o Alexa os visitantes geralmente têm entre 18 e 24 anos, e os brasileiros são 6,5% dos visitantes. No mundo é o 51º site em número de acessos, bem abaixo da posição no Brasil...

29º R7.com - lançado pela Rede Record em 2009 para fazer frente ao G1 o R7 segue distante dos principais concorrentes, o UOL, o G1 e o Terra, porém teve um notável crescimento há dois anos estava em 40º lugar.

30º Orkut Brasil- a maior queda de usuários da internet nos últimos anos estava no Top 10 há dois anos atrás, mas foi ultrapassado pelo Facebook, pelo Twitter, e pelo MSN. 

41º Orkut.com - também caiu, a única diferença em relação ao outro site é o .br, o site é o 800º mais acessado no mundo, e 65% dos visitantes ainda são brasileiros.

45º Governo do Estado de São Paulo

47º Submarino

50º Click Jogos

52º RedTube

1.134º eBand - a versão do Grupo Bandeirantes ao G1, recentemente fez parceria com o UOL que passou a exibir vídeos da TV Bandeirantes, além de hospedar as rádios do Grupo Bandeirantes, que por sua vez passou a faturar mais com o gigante como parceiro. O eBand.com.br passou a ser então hospedado pelo UOL.



Comentários



Eleições 2014: Petistas assumem que reeleição de Dilma está ameaçada.
27/12/2012 às 07:40

A aprovação de Dilma Rousseff está nas alturas, e o governo tem sido bem sucedido em seu plano de erradicação da miséria, porém os pontos positivos do governo param por aí, e dentro do PT já se assume: a eleição de 2014 será bastante complexa.

Em apenas 2 anos de governo, Dilma não conseguiu manter a mesma confiança dos investidores na economia nacional, a imprensa internacional avalia que a economia brasileira dá sinais de fraqueza, o crescimento pífio do PIB, que não era tão baixo desde 2003, que deve ser ainda menor em 2013, abre a possibilidade de uma recessão econômica no país, os estrangeiros pressionam pela demissão do Ministro da Fazenda Guido Mantega, hipótese descartada por Dilma. 

Outros pontos que pesam a balança contra Dilma, foram as greves nas universidades federais, e os escândalos de corrupção, membros influentes do PT foram pegos de calças curtas no mensalão ou na operação porto seguro. E a ameaça final vem de um aliado, Eduardo Campos, presidente do PSB um dos maiores aliados de Lula e Dilma, e atual governador do Pernambuco ameaça: se a economia brasileira continuar no ritmo que está indo, será ele próprio candidato à presidência da república em 2014. 

Na oposição, nomes como Fernando Henrique Cardoso e Sérgio Guerra já dão como certa a candidatura de Aécio Neves à presiddência, porém os nomes do governador paulista Geraldo Alckmin, e de José Serra são cogitados pelo PSDB, Marina Silva ainda não se pronunciou nesse sentido.

O partido avalia que o único que pode resolver essa situação é o próprio Lula. No caso da candidatura de Eduardo Campos, Dilma terá dificuldade no Nordeste, já com a candidatura de Aécio, Estados como Minas Gerais, onde o tucano é popular, além de São Paulo e o Sul do país, que vêm se mostrando o calcanhar de Aquiles do governo petista podem dificultar ainda mais uma vitória em primeiro turno. Marina por sua vez teria força na região norte, entre os outros candidatos, porém, não há nenhum com fama nacional, pelo menos por enquanto, todos são de conhecimento regional, o que facilita o lado de Dilma, ou do próprio Lula.



Comentários