Perfil:
Blog Titulares Da Notícia


Arquivos:

Amigos (0)::


O BBB, o estupro e a deprimência da TV brasileira.
22/01/2012 às 17:16

Na última semana vimos o caso mais absurdo da história da Rede Globo, entrando para o lado negro da emissora junto aos casos referentes à Ditadura, a luta pela democracia e o acordo criminoso com a Time-Life, o estupro no BBB. O programa, exibido em todo o mundo, baseado no formato da holandesa Endemol(no Brasil Endemol GLOBO), fez muito sucesso em todos os países em que foi exibido, o Brasil, porém é um dos poucos países a exibir o programa na TV aberta, e as edições estrangeiras foram abolidas da TV paga no país há anos. O caso ja é de conhecimento de todos, as atitudes da Globo também, assim como que a Endemol é também responsável pelo formato de A Fazenda, Casa dos Artistas e Busão do Brasil, estes dois últimos já chegaram ao seu fim.

O caso ganhou repercussão no Brasil e no mundo, até mesmo nas concorrentes da Globo, a Record por exemplo, explorou o caso durante toda a semana, esquecendo-se de seu relity pornográfico A Fazenda. A Rede Bandeirantes e RedeTV! também deram qualquer repercussão ao caso, já outras emissoras preferiram apenas noticiar sem participar do fato. MAs nesta semana tivemos também o caso da falsa grávida de Taubaté, a mulher que fingiu estar grávida de 4 meninas. 

Os dois casos nos levam a pensar, o que uma pessoa pode fazer para ter fama, pessoas entram no BBB com este objetivo, a "grávida" também, a mulher apareceu durante vários dias em diversas emissoras, porém o que ela faria para que essas quatro meninas realmente nascessem? Vemos casos de roubo de crianças diariamente. Quam ainda não viu a relação aí está, até onde a Rede Globo iria para abafar o caso, a primeira atitude do canal foi expulsar o suposto estuprador, mas não esqueçamos que num primeiro momento o próprio apresentador do programa demonstrou admiração pelo "amor" dos dois participantes, o real medo da emissora então foi perder seus patrocinadores, mas e se ninguém soubesse disso? Se o estupro houvesse ficado entre Boninho e seus perversos diretores? É algo a se refletir também a atitude do Ministério Público, a primeira atitude do órgão em um país que se importasse com a qualidade dos programas seria suspender o BBB durante as investigações, ou no mínimo reclaassificar o programa, impedindo sua exibição no horário inadequado, nenhuma atitude nesse sentido foi, ou será tomada.

Em outras palavras, as emissoras de TV do Brasil tem total autonomia de exibir sexo, estupro, bebidas, racismo, xenofobia, homofobia, comportamentos inadequados como uso de álcool, drogas, exploração da imagem sexual, como bem entender, e o pior, o Ministério Público pretende agora acabar com a classificação indicativa. As operadoras de TV paga cobram preços cada dia menores, sabendo da insatisfação do telespectador com a TV aberta, hoje se assina um pacote com canais essenciais por menos de 40 reais, commedo disso a TV Aberta quer atrair pervertidos, formar estupradores.

Atitude, já!



Comentários



Comentar post:

Nome/Apelido:


Email:


Comentário:



Não foi encontrado nenhum comentário!